domingo, 18 de janeiro de 2009

Aquecimento Global.

Aquecimento global, o presente das futuras gerações dos “homos sapiens”. Máquinas de Tear, máquinas a vapor, a utilização e descoberta do carvão, revoluções industriais, evoluções e desmatamento. Um conjunto de descobertas que acarretam em um efeito dominó. Até que ponto nossa inteligência pode ser considerada nossa única e verdadeira aliada? O Aquecimento é apenas uma das pontas do “iceberg”, o início de um possível final, na expectativa de um final feliz, ainda há chance!
Chegamos a uma estação da nossa ferrovia que se a “corda” não for puxada alertando o fim da estrada, provavelmente a nossa consequência é a queda. Entretanto, esse alarme já foi acionado pela natureza, a principal vitima da relação de dominância e não percebemos. Protocolos e acordos com inúmero signatários, tudo já foi supostamente utilizado, ao menos no plano teórico, na busca de nossa redenção. Assinamos porque seguimos a tendência mundial da geração ecologicamente correta ou achamos bonito esse tipo de política das ONGs.
Porque não levamos realmente a sério esse prenúncio do esfacelamento do planeta? Será que ainda acreditamos que isso é uma brincadeira? Ou apenas um trabalho preparatório para o aquecimento que ainda chegará? Não importa se é sério ou não, como se chegou até aqui. O que importa é a situação é calamitosa.
Aficionados pelo poder, no desejo de elevar o P.I.B, esquecemos da “terra onde que se planta dá”. Chega de assinar papéis, de viver em um mundo trasncedental, da ideias, um pensamento utópico. Devemos arregaçar as mangas, na busca de uma mudança de hábito e especialmente da consciência, vamos cuidar do que é nosso, é do que será de nossos filhos. Como nosso hino relata “Verás que um filho teu não foge a luta...” vamos a esse luta, uma luta pelo nosso bem, dos nossos filhos e do nosso planeta.








Filipe Marques

4 comentários:

Carol "Ox" disse...

É eis a nossa herança para as futuras gerações. E aind avivemos num país hipócrita. Sim, assinamos documentos sobre emissão de poluentes. mas vamos observar que estes documentos possuem uma sanção contra os países que não cumprem o pacto. Porémnem todos os países são obrigados a cumprir com o pacto, o Brasil é um desses países, ou seja, ele assina paenas pra dizer q ´contra o aquecimento global provocado por outros países, como os EUA. E ja que o brasil não corre risco de sofrer sanção alguma, pra que s epreocupar com o aquecimento não é verdade?
Talvez seja por isso que não há um interesse de assinar um novo pacto, que impõe sanção a todos os países membros do acordo.

César Fernández disse...

Eu tenho até medo de ter filhos, coitadas das próximas gerações :S

Janine disse...

éuma preocupação de todos o aquecimento global. O problema é que os maiores responsáveis num tão nem aí pra isso...

Janaína Moraes disse...

Passando apenas para divulgar...

O sofá mais charmoso da

blogosfera está de volta.

Isso mesmo, ele voltou.

Não perca nem um detalhe.

http://aindamaisestorias.blogspot.com

Bjo e me linka.