segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Folhetos

Pensei diversas vezes em como iniciar essa carta, se deveria ser subjetiva, objetiva, Ir de uma maneira rápida como uma espada que atravessa o coração ou um veneno letal que destrói pouco a pouco o corpo. Realmente não sei! Não sabia se poderia te ligar, tinha medo (alias ainda tenho muito medo) pensei em ir pessoalmente, mas não queria ver me chorando, não quero ver você sofrer (apesar de achar que tudo isso já é um imenso sofrimento). Lembra-te quando nos conhecemos? Você todo tímido, que queria conquistar o mundo, mas não sabia por onde começar (como eu adorava ver o teu sorriso e o brilho dos teus olhos) demorou tanto! Lembro daquela nossa primeira briga, passei mal tantos dias e você me ligava todos os dias e eu tola não te atendia, passei a querer te odiar, mas isso se tornava cada vez mais impossível. Ainda sinto o teu perfume, ainda mexe comigo. Sabia que comprei um frasco? Passo um pouco no meu corpo, e como se estivesse do meu lado, ás vezes se mistura com minhas lágrimas.

Tinha tanto medo de engravidar! Quantas vezes acabamos brigando? Te batia te mordia e você? Louco! Um desejo louco de ter um filho meu! Sinceramente hoje acho que me arrependo...

Morria de ciúme de você! Minhas amigas falavam que eu era louca por estar ao seu lado, afinal para elas você não era bonito, não tinha nada que chamasse a atenção, pelo menos para elas! (Hehe)

Falhei como você tantas e tantas vezes, deixei de dizer que te amava, quando eu deveria e quando realmente necessito dizer, já não posso mais. Ontem te ligue, sua mãe atendeu... Desliguei em seguida (acho que ela sempre me odiou) queria ao menos ouvir tua voz...

A tinta ta acabando... E os correios da cidade funciona apenas na terça, te mando essa carta incompleta, espero tua resposta mesmo que seja em uma folha amassada e velha...






"Minha dor é o principio da minha verdadeira alegria"


Dom Filipão.

20 comentários:

Erika disse...

Amigo...te superastes =x

uhahuahuahuauahua

Bryza.Sanco disse...

gostei de tudo,menos do final, ficou tolo...

mas fora isso...
soh...

Angela. C. L Honório disse...

Nossa, muito bom hein...

vinicius disse...

Gostei bastante, mesmo no final caindo um pouquinho!

parabéns

passa lá
http://www.som10.blogspot.com/

Euzer Lopes disse...

Nossa...
Pois é, né?
Quantas oportunidades deixamos passar. E só percebemos que tivemos um pássaro na mão, quando ele está voando.
Por isso eu digo: se tem uma oportunidade, aproveite.
Se não tem, faça-a surgir.

Renata Marques disse...

Ótimo post!

gostei do blog ;)

http://prosiandoo.blogspot.com/

Laryssa disse...

Tava ficando interessante, mas num teve final ?! =/

Jamile Gonçalves disse...

Gostei, gostei mesmo. As primeiras linhas me lembraram um certo clássico Shakesperiano...
Não me pergunte porque!
:)

talita disse...

uuuauuu,blog cheio de personalidade (yy' parabens ai =]

;**

Confissoes de uma Adolescente ;D disse...

aaaaaaah
que besteira.
a beleza esta nos olhos de quem ve.
;*

Andrea Vaz disse...

Gostei da carta! Não sei se é real o fato.Pode dar um boa novela mexicana...rs. Gostei do seu blog!

Aguardo sua visita:

http://rascunhosdeandreavaz.blogspot.com/

Saída De Emergência disse...

quantas oportunidades deixamos passa --'
Abraços

Euzer Lopes disse...

(Se quiser, exclua o comentário)

Júlia não morreu... Quem toma tiro, morre de olho aberto.

Ellen Regina - facetasdemim disse...

amores e desencontros, eis o relacionamento mais duradouro q já existiu!

Marcelo disse...

Muito legal... e do tempo em que mandavam cartas..
Será que ainda mandam cartas...?
rs

Karla Hack disse...

Esta sensação de que deixamos passar coisas que poderiam ser fantásticas é pesada.
Ao ler seu texto... lembrei da música do Elvis - Always on my mind
:P

bjus

Trujillo disse...

Bom texto. Pude fechar os olhos e sentir o que estava se passando. O que as palavras nao fazem com o nosso espirito nao!?
Abrcs

http://acordesdeumavida.blogspot.com/

iti disse...

bacana,,, gostei
http://500x100.blogspot.com/

mateusbonez disse...

Adorei ;D

http://tiomah.blogspot.com/

Only Bruh. disse...

É, eu já deixei passra oportunidades boas na minha vida por falta de coragem. Eu sei do que essa mulher tá falando. Acho q ele deve responder a ela sim, e o mais depressa possível, não apenas por ela, mas por ele tbm! Acho q eles devem tentar de novo. Ir com calma, acordar devagar.
Gostei do teu blog, cara! Bjos!